::Webmasters

::Mapa do Salteador

 

::Arquivos

:: Março 2008

:: Fevereiro 2008

:: Janeiro 2008

:: Dezembro 2007

:: Novembro 2007

:: Outubro 2007

:: Setembro 2007

:: Agosto 2007

:: Julho 2007

:: Junho 2007

:: Maio 2007

::Alie-se

Clique no button para se aliar.

::Parceiros

Aquilo pelo qual nos unimos
-----------------------------------------------------------------------
Temos 320 assinaturas!

 

E se a J.K.Rowling viesse a Portugal?
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Rowling actualiza o seu site (SPOILERS)

Após 4 meses, a J.K. Rowling voltou a actualizar o seu site, no Diário (no qual fala sobre esses meses de desactualização) e nos Extra Stuff e FAQ (onde explica coisas sobre o sétimo livro).

Diário: "Onde foram os últimos quarto meses? Quando os "Talismãs da Morte" foram publicados, senti como se tivesse entrado num estranho sonho em que tudo se passava muito rápido, apenas queria que chegasse Dezembro!
As pessoas estão sempre a perguntar: ‘Então, agora que as coisas chegaram ao fim, já estás mais calma?’. A minha resposta é um sorriso sem piada. Tenho estado excepcionalmente ocupada desde Julho, com a tournée Americana/Canadiana, Os contos de Beedle o Bardo, várias campanhas caridosas, uma montanha de correspondências pós-publicação, e ainda, claro, as três lindas crianças que eu trouxe ao mundo. Consequência, nada de website! Entretanto, vou actualizar algumas coisas hoje nas Novidades (onde irá verificar que também estive ocupada com um documentário), FAQs e Extras. Espero colocar em dia algumas coisas.
A tournée Americana/Canadiana foi a minha favorita de sempre. Se alguém que estava na audiência estiver a ler, obrigada, porque vocês foram tão maravilhosos devido às perguntas brilhantes e ao calor que nos rodeava.
Voltando um pouco aos quatro meses atrás, mais especificamente ao lançamento dos "Talismãs da Morte" no Museu de História Nacional em Londres, também um dos meus momentos marcantes de todos os tempos, e para todos aqueles que estiveram na fila tão longa pacientemente, vocês foram incríveis, e adoro-vos!
"Talismãs da Morte" é meu livro preferido da série. Espero que, mesmo que não seja o seu livro favorito, tenha percebido pelo menos, que esta foi a história guia, que era o fim que eu tinha sonhado, e não existe satisfação maior que poder partilhar este momento com os meus leitores.
Por luto a Harry Potter- e eu duvido que eu estarei a ser credível ao dizer isto - ninguém pode sentir um sentimento tão profundo como o que eu senti. A escrita de Harry Potter foi surpreendentemente ligada à minha vida em 17 anos, e dizer adeus foi mais difícil do que pensava que seria. Portanto, gostaria de agradecer muito a todos que escreveram para mim durante a publicação, para dizer todas estas coisas maravilhosas sobre o que os livros significavam na vida deles, porque sim, as suas palavras significaram muito para mim neste momento tão agridoce."



SPOILERS


Extra Stuff:
- A Varinha de Sabugueiro:

Decidi que o núcleo da varinha seria pêlo da cauda de um Thestral, uma substância poderosa e delicada dominada apenas por um feiticeiro ou feiticeira muito poderosos, capazes de enfrentar a morte.

- Harry e Dudley: Que futuro?
Um casal disse-me que esperavam, no Epílogo, ver Dudley em King's Cross acompanhado de um pequeno feiticeiro. Devo confessar que isso me pôs a pensar muito mas o período de reflexão convenceu-me que qualquer gene feiticeiro nunca sobreviveria na presença de ADN do Tio Vernon, logo, isso não poderia acontecer. No entanto, tenho a certeza que, depois da corajosa tentativa de reconciliação no início do Talismãs da Morte, os dois primos começaram a trocar cartões de Natal e que, mais tarde, Harry pegou na sua família e visitou a casa dos Dursley.


FAQ:
- O que era exactamente aquela criatura mutilada semelhante a um bébé no capítulo 35 dos "Talismãs da Morte"?
Andam a perguntar-me MUITO isso, sobre o último pedaço de alma que Voldemort possui. Quando ele ataca Harry (capítulo 34/35), ambos caem temporariamente inconscientes no chão e ambas as suas almas - a de Harry sem perigo e saudável e a de Voldemort raquítica e mutilada - se encontram no limbo, onde Harry encontra Dumbledore.


- O que aconteceu exactamente quando Voldemort lançou a maldição Avada Kedavra sobre Harry na floresta?
Uma vez mais, Voldemort violou profundas leis mágicas, as quais era incapaz de entender, mas há mais do que isso. Ao tomar o sangue de Harry para si, Voldemort mantém vivo o feitiço protector que Lilly Potter lançou sobre o filho. Então, Voldemort age como se fosse um horcrux para Harry - excepto que o poder do sacrifício de Lilly é uma força positiva que não continua apenas a manter Harry vivo, como também dá a Voldemort uma última esperança (Dumbledore refere a essa última esperança no capítulo 35). Voldemort colocou inconscientemente gotas de bondade em si; se ele se tivese arrependido, poderia ter sido curado mais profundamente do que outra pessoa julgaria. Mas, claramente, recusou a sentir remorsos.Voldemort usa também a Varinha das Varinhas, que é realmente de Harry. Esta não funciona contra o seu verdadeiro dono; logo, nenhuma maldição que Voldemort lance sobre Harry funciona propriamente, nem a Cruciatus nem a da Morte. A maldição do Avada Kedavra, entretanto, é tão poderosa que magoa Harry, e também mata a parte dele que não é na verdade dele, em outras palavras, destrói o fragmento da própria alma de Voldemort que ainda se agarrava a Harry. A maldição desarma tanto Harry que ele poderia ter sucumbido à morte se tivesse escolhido aquele caminho (de novo, Dumbledore diz que ele tem a escolha de acordar ou não). Mas Harry decide voltar à consciência, tira partido do ‘caminho de fuga’ de Lilly, e puxa-se a si mesmo de volta para a vida. É importante constatar que eu sempre vi esses tipos de magia (os mais profundos assuntos sobre vida e morte) como essencialmente não-científicas; em outras palavras, não há a fórmula do “Varinha das Varinhas +Sangue de Lilly = Sobreviver Assegurado”. O que conta são as próprias escolhas de Harry e Voldemort. Cada qual recebeu certas armas e seguranças, mas o poder desses objectos e os acontecimentos passados permanece em como eles são entendidos e usados ou não. Harry tem um mais profundo e mais verdadeiro entendimento do significado de objectos e eventos passados, mas os grandes poderes dele, aqueles que o salvaram, estão livres de vontade, coragem e certeza moral. 

 

FONTE: HPImagens 

Publicado por Minerva McGonagall às 23:45
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 13 de Dezembro de 2007 às 17:04
NOVIDADES BOMBÁSTICAS!
POTTERAWARDS.BLOGS.SAPO.PT

Comentar post

:::: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: ::

O Potter Portugal detém de todo o domínio do design e respectivos conteúdos aqui presentes.

© Todos os direitos reservados | A marca Harry Potter é da exclusividade da Warner Bros., J. K. Rowling e respectivas editoras.

Qualquer conteúdo aqui presente que seja copiado sem a devida autorização do Webmaster será imediatamente comunicado às autoridades competentes.

Potter Portugal | 2007

Forum

Potterish Top Sites ---------------------------
Para contactar o Potter Portugal utilize o seguinte email:  potterportugal@gmail.com

::Contador de Muggles/Feiticeiros

::Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31